terça-feira, junho 08, 2010

em parceria com o sapo mulher a partir desta data o blog passa a estar disponível em:


terça-feira, junho 01, 2010

new smile, new life 110 . O segredo da Felicidade

"A jornada... é a jornada que nos traz felicidade, não o destino." in filme 'O Caminho do Guerreiro Pacífico'



Há muito tempo, em uma terra muito distante, havia um jovem rapaz, filho de um rico mercador, que buscava obstinadamente o segredo da felicidade.

Já havia viajado por muitos reinos, falado com muitos sábios, sem, no entanto, desvendar tal questão.

Um dia, após longa viagem pelo deserto, chegou a um belo castelo no alto de uma montanha.

Lá vivia um sábio, que o rapaz ansiava conhecer.

Ao entrar em uma sala, viu uma atividade intensa. Mercadores entravam e saíam, pessoas conversavam pelos cantos, uma pequena orquestra tocava melodias suaves.

De longe ele avistou o sábio, que conversava calmamente com todos os que o buscavam.

O jovem precisou esperar duas horas até chegar sua vez de ser atendido.

O sábio ouviu-o com atenção, mas lhe disse com serenidade que naquele momento não poderia explicar-lhe qual era o segredo da felicidade.

Sugeriu que o rapaz desse um passeio pelo palácio e voltasse dali a duas horas.

"Entretanto, quero pedir-lhe um favor." completou o sábio, entregando-lhe uma colher de chá, na qual pingou duas gotas de óleo.

"Enquanto estiver caminhando, carregue essa colher sem deixar o óleo derramar."

O rapaz pôs-se a subir e a descer as escadarias do palácio, mantendo sempre os olhos fixos na colher.

Ao fim de duas horas, retornou à presença do sábio.

"E então?" perguntou o sábio "você viu as tapeçarias da pérsia que estão na sala de jantar?

Viu o jardim que levou dez anos para ser cultivado?

Reparou nos belos pergaminhos de minha biblioteca?"

O rapaz, envergonhado, confessou não ter visto nada.

Sua única preocupação havia sido não derramar as gotas de óleo que o sábio lhe havia confiado.

"Pois então volte e tente perceber as belezas que adornam minha casa." disse-lhe o sábio.

Já mais tranqüilo, o rapaz pegou a colher com as duas gotas de óleo e voltou a percorrer o palácio, dessa vez reparando em todas as obras de arte.

Viu os jardins, as montanhas ao redor, a delicadeza das flores, atentando a todos os detalhes possíveis.

De volta à presença do sábio, relatou pormenorizadamente tudo o que vira.

"E onde estão as duas gotas de óleo que lhe confiei?" perguntou o sábio.

Olhando para a colher, o rapaz percebeu que as havia derramado.

"Pois este, meu rapaz, é o único conselho que tenho para lhe dar: disse o sábio o segredo da felicidade está em saber admirar as maravilhas do mundo, sem nunca esquecer das duas gotas de óleo na colher."

my vision to a new life

Estar no Agora, no MOMENTO

Quantos de nós não traçámos já objectivos e quando os alcançámos exclamámos, quanto mais que não tenho sido em pensamento: "Era só isto!?!"

Sentimos que tudo o que fizémos não valeu a pena. Sentimos que perdemos tempo, coisas, pessoas e nos perdemos a nós no caminho.

Porquê? Porque fazemos o caminho, passamos a jornada, fixados no objectivo sem desfrutar o Agora, sem viver o momento.

Questiona-te esta semana:

- estou a Viver o momento?
- estou a apreciar o caminho para o meu objectivo?
- o que estou a perder por não o fazer?
- como posso apreciar ainda mais o meu caminho, a minha jornada?

Tenha Agora a Vida Que Quer
Richard Bandler
Livros d'Hoje


Ideia Luminosa

Se quer assumir o controlo da sua vida, este livro é para si. Se está atormentado pelo passado, paralisado por uma fobia, ou quer pôr o seu motor mental a funcionar em alta rotação, este livro é para si.

Quando começou a trabalhar com psicólogos, há mais de 40 anos, Richard Bandler percebeu que a terapia podia ser uma armadilha. As pessoas gastavam rios de dinheiro e horas sem fim a tentar "reparar" problemas que podiam ser resolvidos numa sessão de 20 minutos. Se era possível ficar traumatizado em segundos (um acidente de carro, um voo turbulento, uma picada de abelha), porque não resolver o problema de forma igualmente rápida?

O autor começou a estudar as pessoas que ultrapassavam problemas num curto espaço de tempo, e descobriu que havia uma série de técnicas que resultavam. A partir daí, co-fundou a Programação Neurolinguística, que consiste justamente em desenvolver padrões de comportamento que realmente funcionam. Tenha a Vida que Quer reúne o melhor que a PNL tem para oferecer. De forma concisa e clara, o autor fornece as ferramentas para uma (re)programação eficaz da mente, para atingirmos os nossos objectivos - sejam eles tomar melhores decisões, conhecer pessoas ou ganhar mais dinheiro.

terça-feira, maio 25, 2010

new smile, new life 109 . Derrotar a Montanha

"A persistência está para o carácter do homem como o carbono para o aço." Napoleon Hill


Certa vez três leões de uma floresta reuniram-se para decidir qual deles seria o rei dos reis.
Resolveram que o leão que chegasse primeiro ao topo de uma montanha seria o rei. O desafio foi aceite.
O primeiro tentou. Não conseguiu, foi derrotado.
O segundo tentou. Não conseguiu, foi derrotado.
O terceiro tentou e também não conseguiu.
Os animais ficaram então sem saber o que fazer, pois os três tinham sido derrotados. Nesse momento, um sábio apareceu e falou que tinha escutado o que cada um deles havia dito para a montanha e que podia decidir que seria eleito o rei dos reis.
O sábio contou que o primeiro leão havia dito "Montanha, tu venceste-me!", que o segundo leão também tinha dito a mesma coisa, mas que o terceiro leão dissera: "Montanha, tu venceste-me, mas só por enquanto! Tu és montanha, já atingis-te o teu tamanho final, enquanto eu ainda estou a crescer".
- A diferença - completou o sábio - é que o terceiro leão teve uma atitude de vencedor diante da derrota e aquele que age assim mostra-se maior que o seu problema. Está, portanto, preparado para ser um líder.

my vision to a new life

Atitude

evento + ATITUDE = Resultado

É a nossa acção, a forma como agimos perante um desafio que nos dá o resultado e não o evento.

O evento apenas nos faz crescer. Cabe-nos a nós tornarmo-nos na pessoa que temos que nos tornar para contornar o obstáculo.

As tuas perguntas:

- o que posso fazer ainda mais perante este desafio?
- quem posso ser ainda mais?
- quem vou ser depois de ultrapassar este desafio?


terça-feira, maio 18, 2010

new smile, new life 108 . Duas Moscas

"Insanidade é fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente." Albert Einstein




Contam que certa vez duas moscas caíram num copo de leite. A primeira era forte e valente. Assim, logo ao cair, nadou até a borda do copo. Mas como a superfície era muito lisa e ela tinha as asas bastante molhadas, não conseguiu sair do copo. Acreditando que não havia outra solução, a mosca desanimou, parou de nadar e de se debater e afundou-se.
A outra mosca, apesar de não ser tão forte como a primeira, era persistente. Continuou debatendo-se, debatendo-se e debatendo-se por tanto tempo, que aos poucos, com toda aquela agitação, parte do leite ao seu redor se transformou em um pequeno nódulo de manteiga, onde a mosca tenaz conseguiu com muito esforço subir e dali alçar voo para um lugar seguro.
Tempos depois, essa mesma mosca, por descuido ou acidente, novamente caiu em um outro copo. Como já havia aprendido com a experiência anterior, começou a debater-se, na esperança de que, no devido tempo, se salvaria. Outra mosca, que passava por ali e vendo a aflição da companheira, pousou na beira do copo e gritou:
- Está uma palhinha ali! Nade até lá e suba por ela!
A mosca persistente não lhe deu ouvidos, preferindo acreditar no que tinha aprendido na sua experiência anterior de sucesso. Continuou a debater-se e a debater-se até que, exausta, afundou no copo cheio de água e morreu.

my vision for a new life

Temos tendência a acomodarmo-nos...

Na VIDA pessoal e profissional vamos criandos hábitos, esses hábitos por vezes terão quer ser postos em causa para passarmos para o próximo nível.

É nesse nível que vai estar ainda mais Sucesso, o que quer que sucesso signifique para cada um de nós.

Tens colocado em causa os teus hábitos ultimamente? Tens-te colocado a ti em causa?

terça-feira, maio 11, 2010

new smile, new life 107 . Árvores FORTES

"A adversidade é como o vento forte. Ela retira de nós tudo, menos as coisas que não pode ser retiradas, para que possamos ver como realmente somos." Arthur Golden


Havia um médico cujo hobby era plantar árvores no quintal da sua casa. Um dia houve um vendaval muito forte e as árvores da rua e dos vizinhos caíram todas, pois não resistiram à força do vento. As únicas árvores que permaneceram em pé foram as da casa do médico. Ele, então, contou para os vizinhos a razão pela qual as suas árvores serem tão resistentes: ele jamais regava as mudas que plantava e, por isso, elas demoravam muito a crescer.

A sua teoria era que, se regasse as plantas, as raízes se acomodariam na superfície e ficariam sempre esperando pela água mais fácil, vinda de cima. Como ele não as regava, as árvores demoravam mais para crescer, mas as suas raízes iam para o fundo da terra em busca da água. Assim, segundo ele, as árvores teriam raízes profundas e seriam mais resistentes.

Disse ainda que, frequentemente, dava uma palmadinha nas suas árvores, com um jornal enrolado, e fazia isso para que se mantivessem sempre acordadas e atentas.

my vision for a new life

Todos nós ao longo da nossa VIDA já passámos por momentos de adversidade ou ainda vamos passar...

A forma como estamos preparados fará toda a diferença.

A preparação passa acima de tudo pelo nosso "mind set", prepararmos a nossa mente para os tempos difíceis. Saber, Sentir, Ser e Fazer com que ela sirva para nos tornar mais fortes.

O que fará diferença na nossa VIDA será a nossa ATITUDE e não o evento (adversidade).

evento + ATITUDE = Resultado

terça-feira, maio 04, 2010

new smile, new life 106 . Coisas que nos Roubam ENERGIA

"A força está no reconhecimento das nossas fraquezas." Jorge Coutinho


Conta a lenda que um homem caminhava pela estrada levando uma pedra numa mão e um tijolo na outra. Nas costas, carregava um saco de areia. No caminho, encontrou uma pessoa que lhe perguntou:
- Você parece tão cansado! Por que é que vai a carregar essa pedra pesada na mão?
- Estranho - respondeu o viajante -, mas eu não tinha reparado que a estava a carregar.
Então, jogou fora a pedra e sentiu-se muito melhor. Em seguida, passou outra pessoa e perguntou-lhe:
- Diga-me, viajante, por que é que vai a carregar esse saco de areia nas costas
- Nossa, eu nem tinha percebido que ia a carregar este peso...
Um por um, os passantes foram avisando o homem sobre suas cargas desnecessárias, e ele foi abandonando uma a uma. Por fim, tornou-se um homem livre, leve, e caminhou com muito mais facilidade.
Qual era, na verdade, o seu problema? A pedra e o saco de areia? Não, o seu problema estava na falta de consciência da existência deles. Uma vez que viu que eram cargas desnecessárias, livrou-se de tudo bem depressa e já não se sentiu tão cansado.
Esse é o problema de muitas pessoas que carregam cargas sem perceber. Não é de estranhar que estejam tão cansadas!

my vision for a new life

Na VIDA vamos carregando problemas que nos foram dados por outros, ou que nós próprios criámos por nos servirem para algo... para nos relacionarmos connosco próprios e/ou até com os outros.

Os problemas são desafios, desafios que o único objectivo é fazer-nos crescer e tornarmo-nos melhores.

Todos os desafios trazem consigo uma mensagem... cabe-nos a nós procurá-la.

Já procuraste a TUA?

sábado, maio 01, 2010


Mourinho - A Descoberta Guiada
Luis Lourenço
Prime Books


Gestão


Este livro, que contou, para além do próprio José Mourinho, com a participação especial de alguns dos mais carismáticos jogadores por si liderados - Vítor Baía, Jorge Costa, Didier Drogba e Deco -, explica-nos, de uma forma simples e prática, todos os principais factores que fazem do treinador português um líder mundialmente reconhecido pela sua capacidade de criar e gerir equipas de sucesso.
Ajuda-nos ainda a compreender a forma como esses mesmos factores podem ser transpostos e aplicados ao universo das empresas e das organizações em geral.
Como refere Mourinho a propósito da edição deste livro, "o Luís foi a pessoa que mais e melhor estudou o meu trabalho enquanto líder. Este livro analisa, como nenhum outro até hoje, a perspectiva como desenvolvo os meus grupos e os conduzo rumo aos objectivos".
Prefácio de Isabel Vaz, presidente do Espírito Santo Saúde.

terça-feira, abril 27, 2010

new smile, new life 105 . Abrir a Porta

"A pessoa que não arrisca nada, não faz nada, não tem nada, não é nada, e torna-se nada. Ela pode evitar sofrimento e desilusão, mas ela simplesmente não pode aprender, sentir e mudar, crescer e amar e viver." Leo F. Buscaglia



Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto.
Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava, levava-os a uma sala, que tinha um grupo de arqueiros num canto e uma imensa porta de ferro do outro, na qual haviam cravadas figuras de caveiras.

Nesta sala ele fazia-os ficar em círculo, e então dizia:
- Vocês podem escolher morrer com as flechas dos meus arqueiros, ou passarem por aquela porta e por mim lá serem trancados.
Todos os que por ali passaram, escolhiam serem mortos pelos arqueiros.

Ao término da guerra, um soldado que por muito tempo servira o rei, disse-lhe:
Senhor, posso lhe fazer uma pergunta?
- Diga, soldado.
- O que havia por trás da assustadora porta?
- Vá e veja.

O soldado então abre-a vagarosamente, e percebe que a medida que o faz, raios de sol vão entrando e clareando o ambiente, até que totalmente aberta, nota que a porta levava a um caminho que sairia rumo a liberdade.
O soldado admirado apenas olha seu rei que diz:
Eu dava a eles a escolha, mas preferiram morrer a arriscar abrir esta porta.

new smile for a new life

Arriscar

Há momentos na VIDA em que tens que arriscar, tens que abrir a porta que tens à tua frente sem saberes o que está do outro lado.

Esses momentos são parte da VIDA de um Líder de uma Empresa chamada: EU, S.A.

E esse Líder és TU... e essa empresa é a tua VIDA.

Quantas portas deixaste de abrir já pelo medo de arriscares?

Quantas vezes perdeste a liberdade, apenas por sentires medo de abrir a porta dos teus sonhos?

terça-feira, abril 20, 2010

new smile, new life 104 . O Castelo do Rei

"Nenhum inverno dura para sempre, nenhuma primavera passa a sua vez." Hal Borland



Era uma vez um pequeno reinado, onde o monarca era escolhido pelo povo e reinava por sete anos. Mandava a tradição que, após o seu governo, o rei fosse exilado numa ilha não explorada, onde viviam animais ferozes. Durante séculos, os monarcas passaram por essa fatalidade. Ser levado para a ilha após os sete anos de reinado e lá morrer devorado pelos animais selvagens.

Certa vez, um rei, que fora muito bom para seu povo, concluiu o seu tempo de regência. No seu último dia de reinado, o povo, muito triste, foi até ao local onde um barqueiro, que era o "carrasco", iria encontrar o rei para levá-lo à famosa ilha.

A multidão era grande e todos choravam enquanto o rei acenava e sorria. O barqueiro ficou muito intrigado com aquele comportamento do monarca, pois todos os outros reis que foram para lá iam tristes e chorosos, porque já sabiam qual seria o fim que os esperava. Então, o rei explicou ao barqueiro:

- Você está enganado, pois eu não vou morrer, estou indo para as minhas férias merecidas! Durante o meu reinado, mandei meus súbditos para a ilha, para que lá construíssem um castelo e matassem todos os animais ferozes. A ilha, agora, é um tranquilo local para se descansar.

A nossa vida, pessoal ou profissional, é feita de fases. Usa o exemplo do rei e constrói os teus castelos antes das mudanças ocorrerem. E vive Apaixonado...

my advice for a new life

Planear...

Algumas das dificuldades que por vezes surgem com Coachees com quem tenho tido o privilégio de trabalhar é a definição de um plano para obtenção do objectivo.

Está por vezes perfeitamente claro onde o Coachee está e para onde quer ir... falta o plano!

O plano faz toda a diferença, é o plano que nos leva ao nosso castelo...

Já "planeaste" o teu plano?

terça-feira, abril 13, 2010

new smile, new life 103 . O Alvo

"Define grandes objectivos, e não pares até chegares lá." Bo Jackson


Certa vez um arqueiro experiente convidou o seu aluno para assistir a uma demonstração. Ao chegarem diante de uma árvore, o arqueiro pegou uma flor e colocou-a em um dos galhos da árvore. Em seguida pegou o arco e flecha e posicionou-se a uma distância de cem passos da árvore. Amarrou uma venda nos olhos e perguntou ao aluno:
- Quantas vezes já me viste praticar este desporto?
- Todos os dias - respondeu o discípulo. - E sempre o vi acertar na rosa a uma distância de trezentos passos.
De olhos vendados, o arqueiro esticou o arco e disparou. A flecha nem sequer atingiu a árvore, passando longe do alvo, a uma distância constrangedora.
- O senhor errou! - espantou-se o discípulo. - Achei que queria mostrar-me o poder de sua experiência!
Ao que o arqueiro respondeu:
- Eu dei-lhe aqui a lição mais importante sobre o poder do pensamento! Quando desejar uma coisa, concentre-se apenas nela: ninguém jamais será capaz de atingir um alvo que não consegue ver.

Não estabelecendo um objectivo claro e visível, ficará destinado a disparar no escuro, gastando tempo e energia e com certeza não se mostrará eficaz nas suas acções.

my advice for a new life

Traça OBJECTIVOs

Não ter objectivos é como quando saimos de casa com o nosso carro não sabermos para onde ir...

Fazemo-nos à estrada e vamos andando... até ficarmos sem combustível!

Esta metáfora pode parecer algo ridícula, ainda assim por vezes é assim que conduzimos a nossa vida.

Os objectivos são de relevante importância na nossa VIDA, não tanto pelo objectivo em si e sim pelo mecanismo gerador de acção.

Traçamos objectivos não para os alcançar mas para nos tornarmos o tipo de pessoa que teremos que SER para os alcançarmos...

Já escreveste HOJE os teus objectivos?

terça-feira, abril 06, 2010

new smile, new life 102 . O Caixão

"Nunca ninguém, nem nunca ninguém irá, escapar às conseqüências das suas escolhas." Alfred A. Montapert

Uma empresa estava a dar prejuízo e os seus funcionários sentiam-se extremamente desmotivados. Era preciso fazer algo para reverter o caos. Ninguém, porém, queria assumir nada. Pelo contrário, os funcionários apenas reclamava que as coisas andavam más e que não havia perspectiva de progresso na empresa.
Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na entrada um cartaz no qual estava escrito: "Faleceu ontem a pessoa que impedia o seu crescimento na empresa. Fica desde já convidado para o velório na sala de desporto". Todos ficaram curiosos para saber que pessoa tinha andado a impedir o crescimento deles na empresa. E foram lá ver. Conforme os funcionários se aproximavam do caixão, a excitação aumentava:
- Quem será que andava bloquear o meu cresciento? Ainda bem que esse infeliz morreu...
Um a um, agitados, os funcionários aproximavam-se do caixão, olhavam para dentro dele e engoliam em seco, caindo em seguida no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma... No fundo do caixão, havia sido colocado um espelho.

A mensagem atingiu a todos: só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento e o da empresa: nós mesmos.


my advice for a new life

Responsabilidade

Responsabilidade, no Inglês "responsability" é a conjugação de duas palavras: response (resposta) e ability (abilidade) ou seja a nossa abilidade para responder.

Todos nossos somos responsáveis pelos nossos actos.

Como seria a tua vida se considerasses que TUDO o que te envolve é de tua responsabilidade?

O que isso podia ter já contribuído para TI?

O que pode isso ainda contribuir para TI??

quinta-feira, abril 01, 2010


O Vendedor de Sonhos
Augusto Curry
Livros d'Hoje


Genéricos


Como é que pessoas normais se tornam especiais com a busca do amor à vida.

Um homem desconhecido tenta salvar da morte um suicida. De seguida, espalha a mensagem que a sociedade moderna se tornou num manicómio global. O seu discurso fresco e irreverente conquista as pessoas, habituadas a frases feitas e ao «politicamente correcto», ao mesmo tempo que as assusta. O que pensar de um estranho com ar de pedinte que fala da importância de vender sonhos ao ser humano? Uma ideia maravilhosa, mas invulgar… Numa época em que nos habituamos ao ritmo e às exigências desmesuradas de um relógio que não pára, libertarmo-nos das grilhetas da rotina e recuperarmos a consciência do que é, de facto, importante nesta vida pode ser assustador. Mas é fundamental!

Ao longo deste romance poderá seguir os passos de um Vendedor de Sonhos, uma personagem fascinante que nos deixa na dúvida se se trata de um sábio ou do mais louco dos seres?! Uma história que o fará chorar, rir, e, certamente, mudar a sua vida.

terça-feira, março 30, 2010

new smile, new life 101 . Guiados por Cegos

"Chama-lhe network, chama-lhe clã, chama-lhe tribo, chama-lhe família: O que quer que chames, quem quer que sejas, precisas de uma." Jane Howard


Já todos presenciámos ou ouvimos falar do caso da senhora idosa, num canto da rua, confusa e hesitante na tentativa de fazer a travessia diante de um tráfego intenso.
Temerosa, ela não consegue sair do lugar.

Finalmente aparece um cavalheiro que, tocando-lhe, pergunta se poderia atravessar a rua com ela.
Alegre e muito agradecida, a senhora toma o seu braço e juntos partem em direcção ao lado oposto.
É então que ela começou a ficar cada vez mais apavorada ao ver que o cavalheiro ziguezagueava pelo meio da rua enquanto buzinas soavam e travões eram bruscamente accionados com condutores dizendo palavras ofensivas.

Quando finalmente chegam ao outro lado, ela, furiosa, diz-lhe:
- "Você quase nos matou. Você caminha como se fosse um cego!"
- "Mas eu sou. Foi por isso que lhe perguntei se podia atravessar a estrada junto com a senhora."

my advice for a new life

Peer Group...

A qualidade da tua VIDA é directamente proporcional à qualidade do teu Peer Group.

O teu Peer Group tem influência directa no teu desempenho. Pode-te fazer crescer e desafiar-te para novos e altos voos , como te pode puxar para baixo.

Se a tua VIDA fosse um avião, quem queria ter a teu lado no cockpit?

terça-feira, março 23, 2010

new smile, new life 100 . Adoro Voar

"Eu voo porque liberta a minha mente da tirania das coisas mesquinhas." Antoine de Saint-Exupery


por Clarice Lispector

Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR apenas por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites a chorar até adormecer, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas em frente ao espelho a tentar descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer desaparecer..
Já menti e arrependi-me depois, já disse a verdade…e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta no meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já parti pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando me deveria calar, já me calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro, hoje no escuro "acho-me, agacho-me, fico ali".
Já cai várias vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou sempre seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Até me podes empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E então? Eu adoro voar!"

my advice for a new life

VOAR...

E se pudesses voar?

Por uns segundos fecha os teus olhos e imagina que podes voar...

Como seria o teu voo? Quem irias levar contigo nesse voo? Como iria ser para essas pessoas voar contigo? Como iriam ser essas pessoas após esse voo? E tu como irias ser?

E se voar fosse apenas Viver?

E se tudo o que precisasses de fazer fosse Viver a tua VIDA?

terça-feira, março 16, 2010

new smile, new life 99 . As Asas são para VOAR

"Vê mais longe a gaivota que voa mais alto." Richard Bach, Fernão Capelo Gaivota



Quando se tornou maior de idade, o pai disse-lhe:

- Meu filho: nem todos nascemos com asas. Embora seja verdade que não tens obrigação de voar, creio que seria uma pena limitares-te a caminhar, tendo as asas que o bom Deus te concedeu.

- Mas eu não sei voar – respondeu o filho.

- É verdade... – disse o pai. E, caminhando, levou-o até à beira de um precipício.

- Vês, filho? Este é o vazio. Quando quiseres voar, vens até aqui, apanhas ar, saltas para o abismo e, abrindo as asas, voarás.

O filho hesitou.

- E se cair?

- Se caíres, não morrerás. Ficarás apenas com algumas nódoas negras, que tornarão mais forte para a tentaiva seguinte – replicou o pai.

O filho voltou para a aldeia, para junto dos seus amigos e companheiros, com os quais caminhara toda a sua vida.

Os de vistas estreitas disseram:

- Estás louco? Para quê? O teu pai enlouqueceu...Para que é que precisas de voar? Quem é que precisa de voar?

Os melhores amigos aconselharam:

- E se for verdade? Não será perigoso? Porque não começas aos pouquinhos? Experimenta atirar-te do alto de uma escadaria ou da copa de uma árvore. Mas... do cimo de um precipício?

O jovem escutou o conselho dos seus amigos queridos. Subiu à copa de uma ávore e, enchendo-se de coragem, saltou. Abriu as asas, adejou-as em pleno ar, com todas as suas forças, mas infelizmente despenhou-se.

Com um grande galo na testa, cruzou-se com o seu pai.

- Mentiste-me! Não consigo voar. Experimentei e olha para o galo com que fiquei! Não sou como tu. As minhas asas só servem para decoração.

- Meu filho – disse o pai - , para voar é preciso criar espaço livre para que as asas se possam abrir. É como atirar-se de pára-quedas: precisas de uma certa altura antes de saltar.

«Para voar, é preciso começar por correr riscos.

«Se não quiseres, será porventura melhor resignares-te e continuares a caminhar para sempre.

(Jorge Bucay)

my advice for a new life

VOA...

Voar... sinónimo de liberdade, de leveza, de VIVER.

Quantos se limitam a caminhar quando podem voar? E porquê?

Por culpa?
A culpa está ligada com o passado e toda a energia que investires no passado de nada te serve pois não o podes mudar.

Por medo?
O medo tem a ver com o futuro, com algo que ainda não aconteceu e que pode nem vir a acontecer. Porquê desperdicares então energia com isso?

Por não viver o Presente, o AGORA?
Esta parece-me a mais acertada. Passamos grande parte do nosso tempo focados ou no passado ou no futuro, quando VOAR está ao nosso alcance no AGORA.

Perguntas poderosas para esta semana:

- No que me estou a focar do meu passado que não me trás benefícios?
- O que já ganhei com isso?
O que já perdi com isso?
- No que me estou a focar do meu futuro que não me trás benefícios?
- O que já ganhei com isso?
O que já perdi com isso?
- O que VOU Ganhar se focar no AGORA? Quem vou ser ainda mais?



terça-feira, março 09, 2010

new smile, new life 98 . A importância de seres TU próprio!

"Sê quem tu és e diz o que sentes, pois aqueles que importam não julgam, e aqueles que julgam não interessam!" Dr. Seuss


Certo dia, um Samurai, que era um guerreiro muito orgulhoso, veio em procura de um Mestre Zen. Embora fosse muito famoso, ao olhar o Mestre, sua beleza e o encanto daquele momento, o samurai sentiu-se repentinamente inferior.

Ele então disse ao Mestre:
- "Por que me sinto inferior? Há apenas um momento atrás, tudo estava bem. Quando aqui entrei, subitamente me senti inferior e jamais me sentira assim antes. Encarei a morte muitas vezes, mas nunca experimentei medo algum. Por que mes estou a sentir assustado agora?"

O Mestre falou:
- "Espere. Quando todos tiverem partido, responderei."

Durante todo o dia, pessoas chegavam para ver o Mestre, e o samurai estava a ficar mais e mais cansado de esperar. Ao anoitecer, quando todos tinham saído, o samurai perguntou novamente:
- "Mestre, agora pode responder-me porque eu me sinto inferior?"

O Mestre conduziu-o para o exterior. Estava uma noite de lua cheia e a lua surgia justamente no horizonte. Então o Mestre disse:
- "Olhe para estas duas árvores: a árvore alta e a pequena árvore ao seu lado. Ambas estiveram juntas ao lado da minha janela durante anos e nunca houve problema algum. A árvore mais pequena jamais disse à maior: "Por que me sinto inferior diante de ti? " Esta árvore é pequena e aquela é grande - este é o facto, e nunca ouvi sussurro algum sobre isso."

O samurai então argumentou:
- "Isto se dá porque elas não podem se comparar."

E o Mestre replicou:
Então não precisa de me perguntar, porque sabe a resposta. Quando não comparamos, toda a inferioridade e superioridade desaparecem. É o que é e simplesmente existe. Um pequeno arbusto ou uma grande e alta árvore, não importa, você é você mesmo.

Uma folha da relva é tão necessária quanto a maior das estrelas. O canto de um pássaro é tão necessário quanto qualquer Buda, pois o mundo será menos rico se esse canto desaparecer.

Simplesmente olhe à sua volta. Tudo é necessário e tudo se encaixa. É uma unidade orgânica: ninguém é mais alto ou mais baixo, ninguém é superior ou inferior. Cada um é incomparavelmente único. Você é necessário e basta. Na Natureza, tamanho não é diferença. Tudo é expressão igual de vida!

my advice for a new life

Compara-te... CONTIGO

Aquilo a que chamamos a domestificação pela Sociedade leva-nos a adoptar comportamentos que em nada nos são benéficos.

Um deles é sem dúvida a comparação... com os outros. Comparamo-nos com os que têm o que não temos, com os que são o que não somos, com os que estão onde não estamos... e a lista de comparações prosegue.

E se nos comparar-mos a nós? Como o que temos hoje e não tinhamos antes, com o que somos hoje e que não erámos antes, onde estamos hoje e onde não estávamos antes...

Ao compararmo-nos apenas connosco próprios estamos a ser genuínos e a aceitar aquilo que de melhor temos em nós. Os nossos atributos e talentos que além de serem NOSSOS, são únicos...

Algumas perguntas poderosas para esta semana:

- Onde estou hoje face há um ano?
- Onde quero estar dentro de um ano?
- Que áreas da minha VIDA estou hoje melhor?
- Que áreas da minha VIDA posso ainda crescer?