terça-feira, abril 28, 2009

"A vida ou é uma aventura ousada ou nada! A segurança não existe na natureza". Helen Keller

A História de Katie e Nick


A história de Katie e Nick corre pela internet e as fotos venceram um Concurso Americano de Jornalismo.

Nick aguarda por Katie, sua Noiva, momentos antes da cerimónia de Casamento enquanto ela recebe mais um tratamento para minimizar ao máximo o efeito das dores provocadas pelo cancro em fase terminal.

Apesar das dores horríveis, de vários órgãos estarem a falhar e de ter que recorrer à morfina para aguentar as dores, Katie levou por diante o casamento e fez questão de cuidar ao máximo dos mais pequenos detalhes: O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perdia peso todos os dias...

Um acessório inusitado foi a garrafa de oxigénio e o tubo que a ligava a Katie. Este “acessório” acompanhou a noiva durante toda a cerimónia e no “copo de água” também. O outro casal presente na foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que namorou desde a adolescência.

Katie, sentada na cadeira de rodas e a oxigénio, diverte-se a ouvir o marido e os amigos cantarem-lhe uma “serenata”.

No meio da festa Katie descansa por alguns instantes. As dores impedem-na de ficar de pé por muito tempo.

Ver uma “menina” tão debilitada vestida de noiva e com uma expressão de alegria e felicidade estampada no rosto faz-nos pensar se a vida é mesmo tão complicada...


Katie Kirkpatrick, uma jovem mulher que descobre ter um cancro em fase terminal poucas semanas antes do dia da celebração do seu casamento. Sabendo que provavelmente seria a última festa da sua vida, ELA decide ir em frente com o casamento e casar com o amor da sua VIDA, o seu colega de Liceu, Nick Godwin. Fraca, assustadoramente magra, envolta numa esmagadora e permanente dor e na necessidade de constante atenção médica, ela caminhou até ao altar, professou a sua imperecível devoção ao amor da sua vida e passou uma noite rodeada por amigos e pela família que mais amava. ELA não deixou que a doença se intrometesse no caminho do seu sonho de um dia ter um casamento digno de um conto de fadas.


Katie faleceu cinco dias depois…


my advice for a new life


Mudar o SIGNIFICADO


O que faz alguém com apenas algumas semanas de VIDA querer VIVER até ao último momento?

E o que faz alguém apenas algumas semanas de VIDA morrer mil vezes até ao último momento?

A resposta é a sua Psicologia de pensamento!

Somos NÓS que decidimos onde colocamos o nosso focus! Onde nos decidimos focar atribuímos um significado, esse significado coloca-nos num determinado estado emocional e esse estado emocional corresponde à nossa VIDA. Para mudarmos a nossa VIDA basta apenas mudarmos o nosso FOCUS… Para mudarmos o nosso FOCUS teremos que mudar as questões que colocamos a nós próprios.

Esta semana faça uma reflexão de 5 minutos por dia sobre onde o/a estão a levar as perguntas que actualmente se coloca.

segunda-feira, abril 27, 2009

Agir

O sucesso não chega apenas aqueles que têm grandes idéias. Sucesso chega aqueles que têm grandes idéias e que as seguem.

Os planos cuidadosamente concebidos trazem valor apenas quando colocádos em acção. A melhor das intenções só é útil quando é seguida.

Durante o dia, muitos pensamentos atravessam a mente. Mas tão fácil e rapidamente como os pensamentos vêm, eles vão, por isso é fundamental começar a agir
imediatamente com base nos melhores.

Antes que uma valiosa e significativa intenção seja empurrada para fora da sua mente por outro pensamento, faça algo sobre isso. Coloque o processo irrevogávelmente em movimento e começar a trazer essa intenção para a sua VIDA.

Quando pensa em fazer alguma coisa, há uma razão pela qual teve esse pensamento. Escute o que o pensamento está a sugerir, e aja imediatamente.

Não deixe que a ideia, a intenção ou a visão escapar. Tome medidas e torne-a real.

Ralph Marston

terça-feira, abril 21, 2009

"Quem ousa, vence." Winston Churchill


O Inferno e o Céu

Há muito tempo, havia um Rei poderoso que desfrutava uma vida protegida e prazerosa dentro das paredes do seu castelo.
Um dia, decidiu aventurar-se pelo seu reino para ver o que poderia experimentar e aprender. Logo se deparou com um monge e, num tom usual que impunha obediência, ele disse :

- Monge, ensina-me sobre o céu e o inferno!

O monge olhou para o poderoso rei e, numa voz irritada, disse:
- Não posso ensinar-lhe sobre o céu e o inferno. O senhor é limitado demais. Não passa de um preguiçoso. Os ensi¬namentos que eu tenho são para pessoas puras e santas. O senhor não chega nem perto disso. Saia do meu caminho!

O Rei ficou furioso. Estava atordoado com a ousadia do monge por lhe falar daquela maneira.
Num impulso de raiva, puxou da sua espada para cortar a cabeça do monge.

- Isso é o inferno, disse o monge confiantemente.

O rei ficou impressionado.
Ele percebeu que aquele monge corajoso havia arriscado sua vida para ensinar-lhe esta lição sobre o inferno.
Numa profunda gratidão e humildade, o rei colocou sua espada de lado e se curvou em reverência ao monge.

- E isso é o céu - disse o monge suavemente.


my advice for a new life

OUSAR fazer diferente

A sociedade condiciona-nos de tal forma, que damos por nós enclausurados dentro do que é o correcto e menos correcto perante o olhar dos outros.
Somos forçados a agir de uma forma que não nos é confortável para não sermos julgados segundo os valores dos outros, ou da Sociedade!
Por vezes os que nos estão mais próximos, são aqueles que mais nos tentam aprisionar, não porque assim o queiram fazer, mas por medo, medo da “nova” pessoa que nos vamos tornar.
Nós, por necessidade de sermos amados e de nos relacionarmos, deixamo-nos aprisionar num limbo… num limbo de dor e de incerteza, nma zona de conforto, totalmente desconfortável!
Até que um dia dizemos BASTA! E fazemos face a opiniões, julgamentos de valor e críticas menos construtivas e acreditamos, ACREDITAMOS nos NOSSOS VALORES e no OBJECTIVO que nos move. Algo dentro de nós SABE, apenas SABE que no final do percurso vai valer a pena… que vamos ter outro sorriso e que “new smile, new life”!

Esta semana pergunte-se:
- No que me estou a limitar?
- Porque razão ou por quem o estou a fazer?
- Como será a minha VIDA daqui a um ano, a dois, a cinco, se me continuar a limitar?
- Em que terei que acreditar ainda mais e, no que terei que me tornar ainda mais para me libertar?
- E como vai ser daqui a um ano, a dois, a cinco, se me libertar AGORA?

sábado, abril 18, 2009

Sugestão de mensagem de atendimento para o telefone lá da Escola...


Olá!

Foi direccionado para o atendedor automático da escola. De forma a podermos ajudá-lo a falar com a pessoa certa, por favor ouça todas as opções antes de fazer a sua selecção:

- Para mentir sobre a justificação das faltas do seu filho, pressione a tecla 1

- Para inventar uma desculpa sobre porque é que o seu filho não fez o seu trabalho, tecla 2

- Para se queixar sobre o que nós fazemos, tecla 3

- Para insultar os professores, tecla 4

- Para saber por que razão não recebeu determinada informação que já estava referida no boletim informativo ou em diversos documentos que lhe enviámos, tecla 5

- Se quiser que lhe criemos a sua criança, tecla 6

- Se quiser agarrar, tocar, esbofetear ou agredir alguém, tecla 7

- Para pedir um professor novo, pela terceira vez este ano, tecla 8

- Para se queixar dos transportes escolares, tecla 9

- Para se queixar dos almoços fornecidos pela escola, tecla 0

- Se já compreendeu que este é o mundo real e que a sua criança deve ser responsabilizada e responsável pelo seu comportamento, pelo seu trabalho na aula, pelos seus tpcs, e que a culpa da falta de esforço do seu filho não é culpa do professor, desligue e tenha um bom dia!

Uma boa forma de elevar uma oitava a consciência de nós Pais... Obrigado Raquel pela partilha desta "mensagem"!

segunda-feira, abril 13, 2009

Susan Boyle... Nasce uma Estrela aos 47 anos!


Susan nasceu de um parto difícil onde sofreu complicações devido a falta de oxigénio.
Não foi capaz de aprender a ler ou escrever correctamente e na escola era motivo de gozo e não tinha amigos. Embora ela tinha tido sempre o sonho de ser cantora, primeiro tinha que cuidar da sua mãe, o que ela fez até que ela morreu há 2 anos.
Toda a sua vida viveu no “campo”, numa pequena aldeia, cujo nome é difícil até mesmo de pronunciar...
Susan Boyle com buço e barriga, cabelo que parece um esfregão de arame, ao apresentar-se no “Britain’s Got Talent” a maior parte da audiência riu-se dela e até o júri do concurso temia o pior ao vê-la avançar pelo palco. Até que ela… CANTOU!!!

Ao “abrir a boca” e cantar "I Dreamed a Dream", de Elaine Page, a mulher de 47 espantou toda a gente.

A audiência ergueu-se em uníssono para de pé aplaudi-la! Que TRUINFO! Nasceu uma ESTRELA aos 47 anos! Com um domínio de voz muito acima do normal, Susan Boyle empolgou a audiência e foi a vencedora incontestada da primeira sessão da nova série do ‘reality show', um dos mais populares em Inglaterra. Até a actriz norte-americana Demi Moore, do outro lado do Atlântico, confessa que chorou de emoção ao ouvi-la. Mas o melhor estava para vir.

Com a sua performance do passado sábado, dia 11, colocada no site YouTube da Internet, a obscura dona-de-casa de uma obscura aldeia inglesa saltou instantaneamente para a fama. Três dias depois, a sua actuação já tinha sido vista por 2 milhões de pessoas. Hoje contava já 19 milhões de visitantes no YouTube..!

Solteirona, simplória e algo extravagante, a cantora-revelação confessa que nunca teve namorado nem sequer deu um beijo. Trabalha como doméstica numa igreja anglicana do West Lothian e o seu grande desejo é tornar-se profissional do canto.

Veja a extraordinária actuação de Susan Boyle...

video

"A maior glória não reside em vivermos sem nunca cairmos, mas em levantarmo-nos cada vez que caímos." Nelson Mandela


Sucesso, Reconhecimento, Fama, Glória…


Muitos de nós lutamos por motivos assim. Mas, não se constrói um bom nome, de um dia para o outro. É preciso trabalhar muito. Ainda que haja tropeços e quedas, é necessário superar os obstáculos. É preciso ter motivação, perseverar, insistir… A VIDA é uma sucessão de batalhas.

Emprego, família, amigos: todos nós temos um status actual e expectativas em relação ao futuro. No entanto, as reviravoltas do destino, surpreendem-nos. Nem sempre, podemos fazer apenas o que gostamos. Mas, aquele que gosta do que faz, e sente orgulho em fazer melhor, vai mais longe a cada dia.

Há momentos de tranquilidade… e há momentos agitados, decisivos, em que a boa intenção apenas não basta. É quando a VIDA nos cobra coragem, arrojo, criatividade e um inabalável espírito de luta. A verdade é que os problemas e os reveses ocorrem com maior frequência do que gostaríamos.

Os tempos mudam. Surgem desafios e novos objectivos. Os guerreiros olham nos olhos do futuro sem medo e sem arrogância, mas com a confiança de quem está pronto para o combate. Viver é também estar preparado para as situações difíceis. O modo com encaramos as dificuldades é o que faz a diferença. Às vezes perguntamo-nos: Como enfrentar as mudanças radicais que se apresentam diante de nós. Como actuar, num novo cenário, onde as coisas que fazíamos tão bem precisam de ser reaprendidas? Como lutar, sem deixar para trás valores fundamentais. E mais: Como saber a medida exacta a ser tomada no momento certo? O incrível é que, justamente diante de situações adversas, muitos redescobrem o que têm de melhor. A ética, a amizade, a capacidade, de criar novas estratégias fundamentadas na experiência, o talento para promover alianças positivas, o espírito de liderança, a consciência da força que reside no verdadeiro trabalho em equipa.

Tudo isto aflora quando as circunstâncias exigem, quando se sabe que existe um objectivo maior a ser alcançado. Claro que não é fácil abandonar hábitos, costumes… Não é fácil adaptarmo-nos aos novos meios, ou usar recursos aos quais não estávamos familiarizados. Mas, todo o guerreiro sabe que pessimismo e insegurança nessas alturas só atrapalham. Ainda que a ameaça venha de vários lados, com agilidade, força e determinação podemos alcançar o resultado. A combinação de energia e inteligência, assim como o equilíbrio entre a razão e a emoção são fundamentais para o sucesso.


É uma sensação extremamente agradável, chegar ao fim de uma etapa, com consciência do dever cumprido. E, obter a consagração, o respeito de todos, o reconhecimento dos colegas, a admiração das pessoas que amamos… Ouvir o próprio nome com orgulho. Aquele orgulho de quem viu nos obstáculos a oportunidade de crescer. Orgulho de quem soube encontrar as turbulências da vida e vencer…


Orgulho de ser um vencedor que não abriu mão dos seus valores fundamentais.


in Video Motivacional “Gladiator” http://www.youtube.com/watch?v=zKiW3DH_Ih8


Sinto-me GRATO

Há precisamente um ano atrás, enviei a minha primeira NEWS.

Estava nessa altura literalmente do outro lado do mundo…

Começar a fazer esta NEWS foi um salto para fora da minha “zona de conforto”. É curioso que agora após um ano de caminhada e aventura estou de novo a dar mais um salto para fora de mais uma outra zona de conforto onde me estava a acomodar…

Coincidência….? Nã…! Não acredito, acredito sim que NÃO HÁ COINCIDÊNCIAS!

Queria agradecer este ano a todos aqueles que acreditaram, que duvidaram, que me fizeram pensar, que me fizeram crescer, que me desafiaram, que me enviaram feedbacks que me fizeram rir, que me fizeram chorar, que me fizeram olhar de uma outra forma para aquele “assunto”, em suma a TODOS vocês que me fizeram VIVER e saborear ainda mais a VIDA.

Um agradecimento ESPECIAL ao Nuno Mendes e à toranja pelo apoio e entrega incondicional a este projecto, sem vocês não era possível. OBRIGADO.

Amor & Gratidão

terça-feira, abril 07, 2009

"Sucesso não é nem mágico, nem misterioso. Sucesso é a consequência natural de aplicar consistentemente os fundamentos básicos." Jim Rohn



Um viajante caminhava junto à margem de um grande lago. Tinha como destino a outra margem. Suspirava profundamente enquanto aguardava a chegada de um barco para o transportar.
À chegada, o barqueiro, um homem de idade, interrompeu o silêncio momentâneo. O viajante olhou para o pequeno barco envelhecido no qual a travessia seria realizada. O barco era movido por dois remos de madeira de carvalho.

Logo os seus olhos perceberam o que pareciam ser letras em cada remo. Ao entrar no barco, o viajante pode observar que se tratavam de duas palavras. Num dos remos estava talhada a palavra ACREDITAR, e, no outro, a palavra AGIR.

Não podendo conter a curiosidade, o viajante perguntou a razão dos nomes dados aos remos. O barqueiro como resposta pegou no remo chamado ACREDITAR e remou com toda a sua força.
O barco então, começou a dar voltas sem sair do lugar onde se econtrava. Em seguida, com o remo AGIR remou com todo o seu vigor. E o barco girou em sentido oposto sem progredir. Finalmente o velho barqueiro com os dois remos seguros nas suas duas mãos, remou simultaneamente e o barco impulsionado por ambos os remos, navegou através das águas do lago até chegar à outra margem.

Aí chegados o barqueiro disse ao viajante:
- Este porto chama-se AUTOCONFIANÇA. É preciso ACREDITAR e também AGIR para que possamos alcançá-lo!

Não podemos ACREDITAR sem AGIR e nem AGIR sem ACREDITAR.
Quantas vezes já estes pensamentos cruzaram a sua mente: “Acredito que sou capaz de fazer mais e melhor!!! Ainda assim, se ACREDITO, porque não AJO???”
Algumas, senão mesmo muitas, certo? Acontece-nos a todos… Quer saber a resposta? A resposta é o MEDO… Medo de falharmos… Medo de não sermos bons o suficiente… Ou até de não sermos perfeitos, como se a perfeição alguma vez existisse…!
Ao nos colocarmos em acção o medo imediatamente desaparece, dando lugar a uma vontade motivadora de alcançarmos o nosso objectivo. O medo não é mais do que um aviso para algo que vai acontecer. Se entendermos correctamente a sua mensagem, podemos agir ainda mais e melhor.
Albert Einstein foi considerado até aos 13 anos “menos inteligente”… alguns anos mais tarde seria considerado um dos maiores génios da nossa história. São de sua autoria estas duas citações "Uma pessoa que nunca cometeu um erro nunca tentou nada de novo" e "Insanidade: fazer a mesma coisa uma e outra vez e esperar resultados diferentes."
Esta semana pergunte-se:
Como posso saber se falhei se não agi? Como poderei atingir o meu objectivo se não agir? O que irei perder ainda mais se continuar a não agir?
Em que tenho que acreditar AGORA para agir JÁ?
Que pequena decisão, seguida de acção, tenho que tomar JÁ HOJE que me vais aumentar a minha autoconfiança?
Que pessoa me vou tornar ainda mais ao ACREDITAR e AGIR?

quarta-feira, abril 01, 2009

Livro do Mês:

Mude a Sua Vida em Sete Dias Paul McKenna Lua de Papel


Espiritualidades

Como podemos mudar a nossa vida em sete dias?
A resposta está na mente, a resposta está no programa de auto-motivação de Paul McKenna. Um programa usado com sucesso por estrelas como Robbie Williams, David Bowie ou Sarah Ferguson.
Paul ajudou milhões de pessoas a perder peso, a deixar de fumar, a arranjar o emprego com que sempre sonharam – em suma, a sentirem-se bem consigo próprias.
O livro, que vem acompanhado por um CD de programação da mente, vai permitir ao leitor transformar a sua vida.